Adolescência e Juventude de Grupos Populares Urbanos no Brasil e as Políticas Públicas: Apontamentos Históricos Academic Article uri icon

abstract

  • Trata-se da descrição e da análise da trajetória das políticas sociais voltadas à adolescência e juventude brasileira advindas de grupos populares nas cidades, em sua maior parte da classe trabalhadora. A referência social construída com relação às crianças e aos jovens no Brasil esteve sempre relacionada a um crivo de classe social, onde aqueles oriundos de grupos populares carregaram, e ainda carregam, o estigma da pobreza, do abandono e da periculosidade. Isto se reflete nas ações e políticas a eles destinadas, inclusive no setor da educação. É necessário que se contextualize essa discussão numa sociedade cuja extrema desigualdade social tem raízes seculares e na conseqüente condição de vida nas periferias das cidades, bem como na busca por outros modos de vida, cujas ‘opções’ extrapolam a dimensão econômica do problema, incluindo aspectos sócio-culturais e subjetivos.

publication date

  • 2006